quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

A morte do cisne


Depois de cruzares tantos céus,
depois de tanto teres voado,
voltastes às primeiras lembranças,
viestes descansar ao meu lado.

O inverno te levou pra longe
e o frio te afastou daqui,
mas agora que estás de volta,
viestes descansar enfim.

Viestes para o último voo,
o último canto triste;
uma canção banhada em lágrimas
do choro mais belo que existe.

O pranto do cisne negro,
a vida ali terminada
num suspiro profundo e funesto.
Apenas isso e mais nada.

"Uilton David"

3 comentários:

мล†эµร ƒэяиลи∂эร disse...

Parabens Amigo !!!
sucesso ....

Ja To Imprimindo em rsrsrs

Gilcilene disse...

Que lindo!!!! Parabéns e muito sucesso!!!!
Bjossss

barbara disse...

Muito lindo Parabéns

Postar um comentário